Mensagens

A mostrar mensagens de 2016

TRG com chuva

Imagem
Imagem

G-GBAS

Imagem
A FCSL trouxe aos Açores para a campanha de verificação de rádio ajudas um dos seus novíssimos Diamond DA62, que também passou pelo Pico:


CS-TRE na Graciosa com vento NE

Imagem

CS-TRD e CS-TKQ no Pico

Imagem

Vortices

Imagem
Se observarem com atenção (e em HD) é possível ver os vortices de ponta de asa devido à refração da luz causada pela baixa densidade do ar no centro dos vortices.

Porque é que uma pista mais longa permite operações com vento mais forte

Quando uma tripulação se vê confrontada com possibilidade de encontrar turbulência ou “windshear“ durante uma aproximação, existem alguns procedimentos que os ajudam a lidar com a situação. Dois deles são a utilização de uma velocidade de aproximação mais elevada e a utilização de menos flaps. Estas duas ações fazem com que a aeronave aproxime com mais energia e seja mais manobrável, o que facilita a recuperação no caso de encontro com variações significativas da intensidade e/ou direção do vento.
Por outro lado, uma aeronave com mais energia precisa de mais pista para parar. Por essa razão, quando o comprimento da pista é um fator limitativo, pode não ser possível utilizar este tipo de procedimentos, pelo que a capacidade de lidar com variações no vento fica também limitada.
Os cálculos de performance de aterragem são baseados na passagem a 50 pés sobre a cabeceira e no toque a sensivelmente 300 metros do início da pista. É adicionada uma margem de segurança aos resultados dos teste…

A Complementaridade do Pico e Faial no transporte aéreo e o aumento das pistas

Para esta reflexão, vamos assumir que é necessário e há procura para voos diretos internacionais para o triângulo.
Se assim for, precisamos de um aeródromo que possa oferecer condições de operacionalidade que não condicionem de forma relevante a regularidade e rentabilidade da operação. O triângulo não tem um aeródromo com essas condições.
O nevoeiro pode ser mitigado no Faial com o RNP, mas não se resolvem os dias de nevoeiro cerrado.
O vento Sul pode ser mitigado no Pico com uma pista maior, que dê margem de manobra nas aterragens, mas não se resolvem os dias de ventania.
Estar vento forte no Pico e nevoeiro no Faial ao mesmo tempo é mais raro, o suficiente para que, considerando-se as duas pistas como o aeroporto de entrada no triângulo, a regularidade das operações possa igualar ou superar a dos restantes pontos de entrada na região.
Assim, para que o triângulo assuma um papel relevante na entrada de turistas estrangeiros na região, as infraestruturas aeroportuárias do Pico e do…

Porque é que a TUI não aterrava no Pico com pista molhada

Imagem
Abaixo estão os gráficos que os fabricantes publicam nos seus "airport planning manual" para o 737-800 e A320, respetivamente.


Resumindo, de uma forma geral, no Maximum Landing Weight (MLW), um 737-800 necessita de 1650 metros de pista para a aterragem numa pista seca e 1900 numa pista molhada.
No MLW (utilizei as 64.5 Tons como referência) um A320 necessita de 1480 metros de pista para a aterragem. Como o gráfico da Airbus não inclui os dados para pista molhada, utilizo um fator de 15% adicional para operação em pista molhada o que dá uma estimativa de 1702 metros.

Assim, para aterrar nos 1655 disponíveis na pista 27 do Pico com pista molhada, o A320 terá de trazer menos 1 tonelada que o seu MLW ou as condições têm de ser melhores do que as de referência para o gráfico acima.
Já o 737-800, para aterrar na mesma pista molhada, teria de trazer menos 9 toneladas que o MLW.

Aeroporto

Imagem
Lembro-me dos tempos em que havia um aeródromo na Covilhã. Na pequena aerogare, que não servia voos comerciais desde o tempo da LAR, estava escrito em letras garrafais a palavra Aeroporto. Serviu de muito esta mania dos políticos chamarem às coisas o que não são para dar ares de grandeza, agora o suposto “Aeroporto” é um data center.
Também nos Açores é moda dar nomes grandes a coisas pequenas, só se admite chamar aeródromo às infraestruturas do Corvo e da Graciosa, todas as outras ilhas, tal como a Covilhã, também têm direito ao tal letreiro com a palavra “Aeroporto”.
Afinal o que é um aeroporto? E um aeródromo? Todos os aeroportos são aeródromos, nem todos os aeródromos são aeroportos:
“Decreto-Lei n.º 55/2010 de 31 de Maio
Artigo 2.º Definições Para efeitos do presente decreto -lei, entende -se por:
 a) «Aeródromo» a área definida em terra ou na água, incluindo edifícios, instalações e equipamentos, destinada a ser usada no todo ou em parte para a chegada, partida e movimento de a…

Spotting PDL II

Imagem

Demagogia

É pena vermos os movimentos cívicos reunidos por boas causas adotarem as mesmas táticas do poder político para conseguirem ganhar tração nesse mundo.
Como já disse neste blog, a pista da Horta precisa de RESA. É triste que tenha que haver um movimento cívico para que se dê atenção a este fato. Mas também a pista da Graciosa e a das Flores se encontram na mesma situação. Quando as Autoridades exigirem a RESA na Horta, terão de ser coerentes e fazer o mesmo na Graciosa e Flores, pois também recebem aeronaves de código 3D.
Por outro lado, quer o anexo 14 da ICAO quer o CS-ADR-DSN da EASA obrigam à existência de 90 metros de RESA. No entanto a ICAO recomenda e a EASA obriga que a extensão da RESA seja de 240 metros, sempre que praticável. Nos Açores, apenas Santa Maria dispõe de RESA com 240 metros de extensão. Pico, São Jorge e Ponta Delgada têm RESA de 90 metros, não era praticável (pela relação custo/benefício, tudo seria praticável com fundos inesgotáveis) construir RESA maior. As L…

Spotting PDL

Imagem

CS-TRC na 29 do Corvo

Imagem

RWY27

Imagem

Spoting no Pico IX

Imagem
Bónus:

Spoting das segundas

Imagem

PH-TFC e CS-TKP

Imagem

PH-TFA e CS-TKK

Imagem

Why Flying is So Expensive

Imagem
De vez em quando dizem-me que as passagens estão caras e não é fácil convencer muita gente que voar custa dinheiro! Hoje encontrei o vídeo abaixo, que embora não seja 100% correto e utilize dados assumidos relativamente a alguns aspetos variáveis, resume de uma forma clara porque é que voar custa dinheiro. Desafio-vos a identificar os pormenores que ainda implicam voos mais caros na nossa realidade.

On final runway 09

Imagem

Concorrência ao Spotting a Ocidente

Imagem

TUI

Imagem
Depois de umas previsões meteorológicas que ainda me fizeram duvidar que hoje havia avião para o Pico, São Pedro também se quis associar ao 34º aniversário da inauguração do Aeródromo do Pico e tivemos um pouco de sol! Por volta das 8:35 o Aeródromo recebeu o seu esperado presente, o primeiro voo charter internacional, proveniente de Amesterdão, realizado em Boeing 737-800, também uma novidade no Pico:











Herky's

Imagem
A USAF anda por estes dias com 4 C-130 pelo Grupo Central e Oriental. Fica o registo da passagem de hoje pelo aeródromo do Pico:

88603 88607 88601 88604
Está previsto o seu regresso amanhã pelo início da tarde.

Tráfego...

Imagem
... por causa do nevoeiro no Faial.

CS-TKQ

Imagem