Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2007

Luzes já estão certificadas

No Jornal Ilha Maior do dia 13 de Abril vêm noticiada a certificação da iluminação da pista do Pico por parte do INAC. Esta certificação vem finalmente permitir a operação de voos nocturnos, mas na verdade ainda há coisas a fazer na vertente operacional. O aeroporto do Pico fica situado no sopé de uma montanha, como tal têm algumas limitações, e, por causa desta morfologia de terreno envolvente, é de todo o interesse para a segurança da sua operação a publicação de procedimentos de descolagem em condições de visibilidade reduzida. Até há pouco tempo o Pico era um aeroporto que só podia acolher tráfego segundo as regras de voo visual, mas agora que tem uma aproximação por instrumentos publicada já pode também receber voos sob as regras de voo por instrumentos, ou seja, em condições de má visibilidade e de noite. Faltam assim os procedimentos de partida por instrumentos, que embora não sejam obrigatórios, caso não existam a responsabilidade de assegurar a separação necessária com o terr…

Velhas notícias?

No site do Governo Regional pode ler-se a seguinte notícia:
" Governo aprovou plano da SATA para investimentos de 11 milhões de euros em aeródromos O Governo Regional aprovou um plano de investimentos da SATA - Gestão de Aeródromos, SA, que prevê a aplicação de 11 milhões de euros na realização de obras e aquisição de equipamentos para as estruturas aeroporturárias das ilhas do Pico, S. Jorge, Graciosa, Flores e corvo.O documento, aprovado no Conselho de Governo de terça-feira, contempla, nomeadamente, a compra de viatura follow me para os aeroportos do Pico, S. Jorge e Graciosa, a instalação de ILS (Sistema de Aterragem por Instrumentos) no Pico, a aquisição de uma viatura de combate a incêndios para a Graciosa e a construção do parque de estacionamento do aeródromo de S. Jorge, bem como a aquisição de uma ambulância para este último. " À primeira vista parecem excelentes notícias, mas o que acho estranho é que todas as obras e aquisições previstas já constam na Resolução do…