15 agosto 2015

S42141 com bónus


07 agosto 2015

Novas OSP's inter-ilhas, pior serviço?

Gostava que alguém explicasse a lógica por detrás das obrigações de serviço público que devem entrar em vigor no fim de outubro nas ligações aéreas inter-ilhas. É que eu não estou a perceber qual é o critério que embora permita uma oferta de 12 ligações semanais à ilha Graciosa, apenas justifica 9 para o Pico e São Jorge. 

Não deve ser a utilização de aviões de capacidades diferentes, uma vez que para a Graciosa estão previstos 7 voos em Q200 e 5 em Q400, que comparam com 4 em Q200 e 5 em Q400 para o Pico, e 5 em Q200 e 4 em Q400 para São Jorge, o que se resume numa oferta semanal de 659 lugares para a Graciosa, 548 para o Pico e 505 para São Jorge. 

Também não deve ser a procura, porque utilizando os dados do inverno passado chegaram à Graciosa 6880 passageiros, a São Jorge 7580 e ao Pico 8625, nos voos inter-ilhas. 

Então porque é que uma ilha com menos 9,3% de passageiros chegados que São Jorge e menos 20,2% de passageiros chegados que o Pico, tem uma oferta prevista para o inverno de 2015/2016 de mais 30,5% lugares do que São Jorge e 20,3% do que o Pico? 

A Graciosa vai ainda puder contar com 2 voos diários de segunda a sexta, mas Pico e São Jorge apenas têm direito a 2 voos diários 2 dias da semana. Provavelmente não há problema, talvez seja por causa das reduzidas frequências que também vão existir obrigações de serviço público nos barcos que os vão obrigar a articular horários com os aviões. Ou será o contrário? O que é certo é que se as frequências não fossem tão escassas, pelo menos alguns voos e barcos dariam ligação sem esforços destes… 

Mas voltando ao início, o que eu queria que me explicassem é que sendo preciso aumentar as taxas de ocupação para permitir a redução dos preços dos bilhetes como anunciado, mantêm-se aceitável a taxa projetada de 47.4% na Graciosa, mas Pico e São Jorge terão de ter menos oferta para chegar aos 71,5% e 68,2%, respetivamente. (Esta projeção foi obtida dividindo o número de passageiros chegados no inverno anterior pela oferta prevista para este inverno.)

P.S. Dados SREA e dos horários disponíveis na internet.

19 junho 2015

RNAV GNSS RWY12

Hoje vi pela primeira vez uma aproximação por instrumentos à pista 12 em São Miguel:

04 junho 2015

Channel Islands

E se eu disser que fui às Ilhas do Canal, Guernsey e Alderney para ser mais específico, praticamente só para dizer que já voei num Trislander?





Agora já voei de Trislander, e aprendi que uma ilha com menos de 2000 habitantes pode ser servida com mais de 5 ligações diárias! Também não é barato voar inter-ilhas, mas há uma conectividade que não se vê nos Açores, bem como aviões e aeroportos à escala! É outro modelo.

09 maio 2015

CS-TKK, TKP e TRF







04 abril 2015

SP2437

Estava à espera de fotografar o meu primeiro S4 no Pico hoje, mas afinal houve SP's de noite! Em vez do S44043 vieram, a altas horas da noite, o SP2438/7 e o SP2436/9. As fotos são do primeiro.


A310 a voar para o Pico?


Não é o que parece, devido a irregularidades a SATA foi obrigada a fazer um LIS-PDL com um A310 e depois continuar com o PDL-PIX-TER-LIS no A320! Ou era esse o plano inicial, segundo me dizem, afinal o PDL-PIX será em Q400.

30 março 2015

S44043

Aí está o primeiro voo da SATA Internacional para o Pico!