21 dezembro 2008

Outra vez as luzes da pista do Pico...

Em Dezembro de 2006 contei neste blog uma história “engraçada” que se ficou a dever à falta de certificação das luzes do Pico. Foram dadas desculpas de atrasos na instalação do equipamento por anomalias num dos sistemas e no verão do ano seguinte as luzes foram finalmente certificadas e já foram utilizadas pela força aérea quer para treinos quer no voo em que levaram de volta a Lisboa a sua banda. Em Dezembro de 2007 voltaram a cancelar voos por causa das luzes e mais uma vez mostrei a minha indignação por afinal continuar tudo igual. Passados 2 anos desde o primeiro episódio em que as luzes instaladas de nada nos serviram, eis que o avião que fez hoje o voo PDL-PIX-TER-PIX-PDL atrasa cerca de 1 hora por motivos ligados à manutenção, o que faz com que a sua última descolagem do Pico, programada para as 17:00, se atrase para depois do por do sol. Começa a confusão nas operações da SATA porque têm de trocar de avião ou ainda vão ter de cancelar o voo. No entanto recuperou-se tempo durante os primeiros voos e tudo acabou em bem, com a última descolagem do Pico às 17:25. Mas o que é que acontece quando o voo atrasar mais um bocadinho e não se puder fazer trocas de última hora? Ficamos outra vez com cancelamentos porque ainda não se pode vir ao Pico de noite? Estão a brincar connosco? 2 Anos e a SATA ainda não pode vir ao Pico de noite? O que é que falta e porque é que não está feito?
Desta vez os efeitos nem se notaram, mas afinal para que foi o investimento no aeroporto se nem há condições para que voos atrasados possam não cancelar vindo cá depois do por de sol?

18 comentários:

luis disse...

Eles estão é nos atirando areia para os olhos tal como a desculpa da não certificação dos pilotos da Sata Internacional.

Padre disse...

Nao ha problema podem sempre aterrar no Faial, e julgo que era um mau investimento porque apenas a uma distancia curta tem o aeroporto da Horta.Como ja disse nos em Sao jorge nao temos essa possibilidade...nao dao valor ao facto da alternativa da Horta!!!

ZÉ FAIAL disse...

A culpa é do Faial!!!!

Anónimo disse...

O problema, e o Sr. Rui devia saber, e que um aeroporto precisa de muito mais que uma Pista e Aerogare, e depois vem a manutencao.Isto de querer um aeroporto tem muito que se diga...

luis disse...

Quem não tem que dizer então esteja calado.
Tal como esse padre de sao jorge que é um ignorante que nem sequer da o verdadeiro nome por medo
Em resposta a ao 2 comentario:
Nós temos a alternativa pelo Faial e ainda bem!
Mas o que se discute aqui é o facto de terem sido criadas condições como a iluminação da pista e o aumento da mesma. E os problemas continuam a ser os mesmos: o combustivel e desculpa da não certificação quer dos pilotos quer as das luzes.

Rui Medeiros disse...

Ao Padre, a alternativa Horta sempre existiu, estamos a lutar por uma coisa nova que, com ligações marítimas decentes a S. Jorge como se quer para a implementação da filosofia do triângulo, também vos pode servir, tal como a Horta nos serve agora.
Ao Zé Faial e ao anónimo seguinte, a culpa é de quem nos disse que íamos ter um aeroporto mas se esquece que um aeroporto não é só uma pista e aerogare. Para quê investir nessas duas infra-estruturas e dizer se fez um aeroporto se não se criam todas as condições. Para isso mais valia estarem quietos. Assim à que concluir e investimento que se fez nas luzes reunindo condições para a publicação de procedimentos que possam eventualmente faltar ou para a formação de tripulações, seja o que for que falta para que as luzes possam de facto servir para algo mais que enfeite.

Anónimo disse...

Resumindo... Na situação que se fala, não entendo a referência à Horta.. Se a hora fosse pós nocturna, o aeroporto não está certificado, o avião não descola! Ponto. A Horta não servia de alternativa para nada!

Quanto à certificação da operação nocturna no Pico, espero antes de se iniciar haver procedimentos de saída públicados, luzes certificadas para operação nocturna, etc! As luzes não são só para ficarem bonitas.. Na aviação as luzes de pista podem ser utilizadas durante o dia!

Anónimo disse...

Uma boa noticia para todos:
Será anunciado ainda em Janeiro o aumento da Pista da Horta em 500m, o que irá possibilitar a todos os do Triângulo, viagens directas para outros Paises.
Agora já começamos a ver algumas das promessas acontecerem!!!

luis disse...

Sim isso é que vai ser bom
viagens para a Europa!!!LOL
Com a crise que vem aí é o que agora mesmo precisamos para ir mais ao fundo...

Anónimo disse...

A melhor maneira de haver mais dinheiro para todos poderem viajar, seria desmantelar e vender o aeroporto do Pico, e tambem já não haveria os gastos desnecessários e desproporcionais em relação aos menos de 15 mil habitantes, sim, porque tem vindo a descer o numero de habitantes no Pico.

Anónimo disse...

Boas. O problema é mais profundo do que se possa pensar. Quem certifica o quê? Enquanto nos Açores estivermos à mercê de autoridades certificadoras externas (como o INAC), só vamos até onde nos deixarem. As luzes de delimitação de pista do Pico, se quisessem, já estariam certificadas à muito. E caso a entidade concessionária do Aeroporto do Pico, a Sata Aeródromos (que também não se compreende bem o que é) for autorizada pela tutela a instalar o tal ILS, será outro problema. Há que potenciar o aeroporto da Horta, não pelo facto de ser a Horta, mas pelo facto de ser concessionada pela ANA, S.A. Para acabar com essa teia de interesses exteriores à região, e que não são propriamente os interesses desta, deveria o Governo dos Açores tomar posse de todas as infra-estruturas aeroportuárias da região e constituir uma única entidade regional a quem fosse concessionada a exploração destas. Certamente não caberia nessa, nem tão pouco deveria existir, a Sata Aeródromos. Aí sim. Os únicos interesses seriam os da Região.
Quanto à certificação dos pilotos, das muitas que já ouvi, essa é das melhores. Certificar os Pilotos de Linha Aérea para operaçãos nocturnas???? Existem muitas certificações para operação nocturna, mas nenhuma, para a licença dos pilotos em causa. No entanto é paradigmático do que se passa o que se verifica nos aeroportos que dispôem de ILS: fazem-se aproximações por instrumentos quando, aí sim, os pilotos da Sata Air Açores não estão certificados para tal. Ou seja, as certificações são para ser aremessadas quando dão jeito...

Anónimo disse...

Que eu saiba voos directos para a Europa traria turismo para o triângulo, só tínhamos a ganhar!

amg disse...

qual a potência dos grupos geradores de emergência no aeródromo?

Rui Medeiros disse...

Não faço ideia, vou tentar saber mas não prometo nada. No AIP vem declarado que cumprem com os requisitos do anexo 14 para CAT I, era muito mau que assim não seja.

Two-Way Channel disse...

Rui, tens acesso ao AIRAC da NAV?
Lá está escrito "preto no branco" que o Aeroporto do Pico está "qualified for night operations" - AIRAC 013-08.
Há é má-vontade de alguem (SATA) que não quer ter mais custos com pessoal no Pico, pois voos nocturnos iriam provocá-los.
É uma decisão política, tal como a frequencia dos voos de LIsboa, que, se não for imposta nas "obrigações de serviço público de transporte aéreo" não será fácil de ultrapassar.

Two-Way Channel disse...

AH, é verdade! e certificadas - as malfadadas luzes - desde 14 de Junho de 2007, conforme publicação do INAC.

Rui Medeiros disse...

A ironia é que um piloto privado, desde que peça a abertura do aeroporto uma vez que no horário normal não está aberto de noite, pode aterrar no Pico de noite. Já as companhias estão no direito de se recusarem a operar sem criarem os seus procedimentos internos.
Neste caso o problema já há muito tempo que não é do aeroporto...

tonico disse...

Enfim, sou Jorgense, não ligo muito a isto dos aviões nem nada mas achei muita pinta a este blog, fica desde já os meus parabéns pelo mesmo ;)... mas que é certo é que se deve-mos respeitar uns aos outros e sim S.Jorge é uma ilha como outra qualquer, e luis devias também ter areia na boca para não dizeres barbaridade, se comentam é porque querem dar a sua opinião e único aqui com direito a dizer que a quer ou não é o criador do blog. Muito bem que estejas a defender a tua terra e os interesses da mesma como também faço de S.Jorge mas não é preciso ofender, as pessoas que pensam de forma diferente, por isso o único ignorante aqui és tu! Mais uma vez parabéns pelo blog rui medeiros...
E para não dizeres que também tenho medo luis o meu nome é António Machado, de S.Jorge mais propriamente da Urzelina.