07 outubro 2015

Cambalhotas para trás

Com o anúncio da TUI da inclusão do Pico nos voos da Holanda para os Açores no próximo verão IATA, uma das primeiras coisas que me disseram foi que ia haver gente a dar “cambalhotas para trás”.

E com essa expressão na cabeça, pensei nos que teimam em chamar internacional ao aeroporto da Horta.

Pensei ainda no comentador inglês que nos diz que prefere que não se melhorem as acessibilidades ao Pico, porque desta forma só cá vem quem realmente quer vir e evitam-se os problemas do turismo massificado (and he has a point).

Mas afinal quem está a dar “cambalhotas para trás” é a Terceira (ou pelo menos quem escreve o editorial do Diário Insular).

Este voo da TUI não foi criado para o Pico, foi criado porque existe o triângulo, não é uma invenção de ninguém. Invenção terá sido a promoção nesses moldes, e aos seus promotores devemos dar os parabéns por esta conquista.

Viagens de barco de quase 4 horas para a Terceira não comparam com os 60 e 30 minutos das viagens no triângulo. É dessa proximidade que surgem as ligações marítimas que movimentaram 351 mil passageiros em 2014 só no canal Pico-Faial, ou por outras palavras, 72,5% de todos os passageiros movimentados por via marítima inter-ilhas, segundo o SREA. Não é invenção, é um fato geográfico.

Será que se a TUI anunciasse a segunda escala na Terceira em vez de no Pico todo o grupo central estaria melhor servido e esses turistas visitariam tantas ilhas como vão visitar aterrando no Pico?

Mais cambalhotas estão a dar os que vem alertar que é preciso novas valências para acolher estes turistas. Sim, há margem para evolução no triângulo, mas não é porque a TUI aparece com cerca de 60 a 70 lugares semanais no triângulo que temos de fazer mega hotéis e restaurantes. Não temos lugar para mais 20 pessoas no Pico, Faial e São Jorge? Não acredito. Estamos a falar de um acréscimo potencial de 0,9% relativamente ao número de chegadas por via aérea a estas 3 ilhas em agosto de 2015, ou de menos oferta adicional do que se a SATA decidisse fazer mais uma frequência semanal em Q400 para o triângulo.

De fato o anúncio da TUI foi uma novidade inesperada, mas julgo que passado o impacto inicial da notícia, não existem motivos para estas e outras “acrobacias”.

05 outubro 2015

WOW!

WOW! E depois desta reacção inicial à notícia do açoriano oriental, acrescento que sites holandeses já estão a divulgar este voo que será à segunda feira via São Miguel.