07 outubro 2009

Hard landing do CS-TKO

Está já disponível aqui o relatório intercalar do que se passou com o novo A320 da SATA no dia 4 de Agosto em Ponta Delgada.

4 comentários:

Valter Medeiros disse...

Li o relatório e achei que se fez uma coisa mal feita, no meu fraco entender destas coisas:
Sabendo que o avião tinha sofrido duas Hard Landings, e mais de 4G's na segunda já não é brincadeira, não deviam ter continuado a fazer vôos com o avião sem terem a certeza dos danos sofridos na estrutura do avião.
Calhou bem, mas podia não ter calhado...

Rui Medeiros disse...

Terá havido negligência ao permitirem mais voos depois da suspeita de hard landing uma vez que o procedimento a seguir devia ter sido este e essa inspecção específica para hard landings acabou por só ser feita no dia 6.
O problema neste caso acaba por nem ser a hard landing, incidentes destes acontecem e, como se pode ver, os aviões são construídos para os suportar, o problema foi não se terem seguido todos os procedimentos à risca, o que teria obrigado a uma paragem imediata do avião.
Toda a novela que se gerou em seguida quando se começou a perceber que o avião voou quando não devia e se chegou a deixar passar a ideia que o incidente tinha se dado a 6 de Agosto já em Lisboa piora ainda mais a coisa.
Fico à espera do relatório final.

Teixeira disse...

HE HE isso foi a SATA que não quis para o avião para não perder $$

José Melo disse...

Bolas, as fotos dizem tudo. Cada amasso que aquilo levou!...