06 novembro 2008

13º emenda ao AIP

Foi publicada hoje mais uma emenda ao AIP português, que entrará em vigor a 18 de Dezembro, na qual se introduz o aeroporto da Graciosa.
Mas o que me chamou a atenção nesta emenda foi a eliminação da tabela dos limites de vento recomendados para o Pico que foi motivo de grande discussão neste blog. Não sei porque o fizeram, até porque não acredito que a SATA e a TAP deixam de usar as mesmas tabelas como referência na operação no Pico, mas a verdade é que assim acaba-se de vez com a conotação negativa que muitos quiseram dar ao facto de estes estarem escritos no AIP, passando para os bastidores das operadoras que queiram vir ao Pico.

21 comentários:

Anónimo disse...

Forma bem engenhosa e eficiente de resolver os problemas de vento no Pico. Muito mais fácil do que plantar um bardo de abrigo!!!!!

brianda pereira disse...

A conotação negativa continua a existir ,mesmo que não esteja publicado no AIP . Tenho apanhado cada susto!!!!!

Anónimo disse...

... "Tenho apanhado cada susto"!!!!
No Pico?! Porquê? Costuma viajar assim, tanto, para a Ilha Montanha ou, quando sai de Lisboa, o seu destino final é a Terceira? Se é assim, das duas uma: Apenas tem a possibilidade de voar ao sábado ou é sádica em demasia e dá-lhe prazer apanhar sustos.
Se não se encontra em nenhuma destas situações, o melhor é não dizer baboseiras. Lá diz o velho ditado: "Um tolo calado, passa por discreto!"

Rui Medeiros disse...

Medo de voar? Quem voa regularmente para os Açores e não é muito apreciador das máquinas voadoras está sujeito a "sustos" em qualquer um dos nossos aeroportos.
De qualquer forma existem programas que ajudam a ultrapassar este medo, como o "ganhar asas" da TAP.

http://www.ucs.pt/index.php?option=
com_content&task=view&id=52&Itemid=32

(o link deve ser todo pegado)

brianda pereira disse...

Não,não sou masoquista,mas aterrar no Pico com vento Sul forte é de loucos!!!!

Paulo Pereira disse...

Caro Rui, saúdo o teu reaparecimento na blogosfera, já fazias falta.
Sobre o post anterior, aproveito para dizer que estou 100 por cento de acordo com o comentário de jgávila. Fazem falta mais vozes destas na imprensa, quiçá na política.
Sobre o post, em si, resta sermos realistas e admitir que levámos uma coça de...12-0.
Como interpretar este resultado, uma vez que o próprio PS prometeu melhores ligações para o Pico? Não sei, mas não será de excluir que alguém dentro do PS deseja que os nossos ilustres deputados passem por mentirosos. E pergunto com que cara se apresentarão nas autárquicas? Já atiraram com a toalha ao chão?
E bem podem os habituais faialenses se desdobrarem em comentários anónimos de pseudo passageiros preocupados com o vento Sul (nós poderíamos fazer o mesmo com a chuva ou com o vento Norte no aeroporto do faial), que a gente percebe bem que eles querem é desviar atenções.
Por fim, gostaria de dar parabéns ao lobby do aeroporto faialense e aproveitar para questionar todos os picoenses se terá valido a pena ter eleito quem elegemos, só porque era importante votar no partido do poder.
Cumprimentos

Anónimo disse...

Chuva é igual para todos e vento Norte não é predominante na Faial!!!
Mesmo quando sopra de Norte não tem comparação com o Sul turbulento no Pico.

Anónimo disse...

Eu sou do Pico mas há que ver as coisas realisticamente: o aeroporo do Pico tem um problema de vento sul. Da mesma maneira que afirmo isto espero que o pessoal da ilha azul admita que o seu aeroporto tem um problema com o nevoeiro que não acontece no Pico...

Rui Medeiros disse...

Mais uma vez, não está aqui em causa se o vento sul traz dificuldades à operação no Pico ou não, porque é do conhecimento de todos que assim é.
O problema é que sempre que se fala num desenvolvimento para o aeroporto do Pico chovem criticas que utilizam quase invariavelmente o bode expiatório do vento sul.
Assim o que está em causa é a relevância desta limitação, até porque nos Açores só talvez Santa Maria goze de aproximações que não têm quaisquer problemas com ventos, pois todas as outras ilhas tem uma pista implantada perto de montes, montanhas ou falésias, o que só acontece porque não há outro lugar para as construir, e assim, com menores ou piores restrições, que dependem por exemplo da distancia a que estão aos obstáculos até ao tamanho da pista, todas elas sofrem de aproximações turbulentas com ventos do quadrante errado…
Resumindo, já sabemos que temos uma limitação operacional com vento sul, não tão grave como muitos desejariam, mas existe. Assim, não precisam de nos relembrar disso todas as vezes que se fala no aeroporto do Pico porque nós sabemos, arranjem lá outra desculpa porque esta está velha, gasta e não nos demove.

Anónimo disse...

O vento Sul no Pico não tem solução,mas o nevoeiro na Ilha Azul resolve-se facilmente, basta esperar pela anunciada instalação do GLS (mais avançado que o ILS) e já utilizado por muitos aviões.

Anónimo disse...

Ao Paulo Pereira, afinal também chove com abundância no Pico!!!!

Anónimo disse...

Não se percebe tanta indignação pela introdução no Faial de 12 vôos nesta época! Não é mais do que a soma para reposição, de um vôo por semana que foi retirado desde o fim de Outubro!!!!
Assim ,em termos de computo anual estamos semelhantes a 2007.

Anónimo disse...

Resumindo e concluindo: Os 12 a zero são motivados pelo vento sul!
Ave-Maria, bendita!
Gostava, agora, de ver a cara do senhor Comandante mais a dos seus "companheiros de luta"...
Fala-se na privatização da TAP. Para pior não virá, certamente!?
(Também, se nos tirarem o que temos, não vão ricos).

Anónimo disse...

O pico e uma constante ameaca para muitos que nunca tiveram e nao tem ate hoje algo semelhante para oferecer. Cuidado porque o desespero da lugar a doencas cronicas sem cura tal como a depressa que pode levar ao suicidio.

Anónimo disse...

Uma boa notícia: viajar entre os Açores e o Continente a 145,19 euros!

SATA Discount

Anónimo disse...

O mar é imenso, mas a estupidez humana é incomensurável!
Mas afinal, porque não se percebe tanta indignação por o Faial ter 12voos extraordinários,nesta Quadra?!
Pois é: Pimenta no rabo do outro, é refresco!
Se quem não percebe o tamanho da indignação, tivesse que atravessar - QUASE SEMPRE NO MESMO SENTIDO - o canal para saír e regressar à sua Terra ou ir em visita de saudade, talvez se fizesse um pouco mais de luz no seu espírito. Ninguém é melhor ou pior que o seu semelhante. Todos iguais e todos diferentes. Todos com virtudes e todos com defeitos.
E não custa nada, pelo menos uma vez na vida, colocar-mo-nos no lugar dos outros. Custa?!

ZÉ FAIAL disse...

O mar é imenso!!!!!! mas o Faial não tem culpa de o Pico não gerar tráfego que justifique vôos extra!

Nem conseguem encher um vôo por semana.

zé faial disse...

SERVIÇO REGIONAL DE ESTATISTICA DOS AÇORES:
De 1 de Janeiro a 31 de Agosto de 2008 no Pico:
Pax desembarcados na TAP 3.058
Pax embarcados na TAP 2.122
------
5.180
Vôos realizados 78
5.180:78 = 66 PAX por vôo!!!!!

lpPICO disse...

mr. ze Faial
Conte quantas pessoas do Pico atravessam o canal todos os dias para ir a Lisboa ou até mesmo a São Miguel e Terceira...
Ao contar, de certeza que vai ver que é praticamente 50% dos voos da TAP e da Sata Internacional com passageiros para o Pico.
Há dias com mais gente do Pico para Lisboa nesses voos para o Faial, ao qual já presenciei e dias em que acontece o contrario.
Senão existisse o Pico não teriam tantos voos como têm.

Por isso esses números que apresenta não são a realidade da ilha. Como acha que é possível que uma ilha como Pico com practicamente os mesmos habitantes do Faial tenha menos movimento ou o mesmo que o de São Jorge????
A resposta está na travessia que é feita, todos os dias pelos picarotos para apanhar o avião para Lisboa e os jorgenses para irem para o continente tem como unica alternativa ir pela Terceira ou São Miguel.
Assim não é certo estarem a bater sempre na mesma tecla...
Porque os Faialenses que são "casmurros" (nunca poderão mudar isso!!!!!!!!

Zé do Pico disse...

O Sr. Zé do Faial é dos tais que não vê ninguem do/para o Pico a embarcar/desembarcar no aeroporto da Horta?
Vejo que gosta de estatisticas, reparou na descida acentuada no número de passageiros que embarcaram nos voos TAP no Pico quando o voo esteve no sábado à tarde, mostrando o que se viu que foi pessoal do Pico a voar mesmo no sábado pelo Faial pk o voo do Pico chegava muito tarde a Lisboa?
Ninguém disse que a ocupação ao longo do ano já é boa, mas é um facto que os voos do Natal têm longas listas de espera à já muito tempo. E embora não seja lógico para quem só vê números, mais uma frequência para o Pico não diminuiria a % de passageiros por voo dado as circinstancias locais.

Jorgense disse...

Acredito que a lista de espera possa ser grande porque, como em tempos alguém neste próprio blogue disse, que muita gente iria marcar e reservar só para pressionar a haver mais ligações, mas concerteza que quem gere esta área na TAP não anda a dormir...