02 outubro 2007

Horários de Inverno

No horário de Inverno dos voos para o Pico não existem grandes mudanças excepto no voo da manhã de sábado que dava ligação a Lisboa para as equipas desportivas, que para já desaparece.
A maior diferença este ano é nos voos da TAP para a Horta, que vão partir quase 2 horas mais cedo. Passam a sair de Lisboa ás 8:00 com chegada à Horta ás 9:40, e têm saída prevista para as 10:30 chegando a Lisboa ás 13:55.
Esta pequena diferença vai afectar os Picarotos que costumam voar ao domingo para Lisboa via Horta, uma vez que ao domingo a primeira ligação da transmaçor chega à Horta ás 10:15.
Os voos da SATA Internacional para a Horta, à quarta e sábado, mantêm o horário do ano passado e os dias sem voos directos são também os mesmos, terça e quinta.




7 comentários:

M.C disse...

Olá Rui.

Apenas passei para te informar deste meu novo espaço (caso não tenhas já chegado lá).

www.myairplanemodels.pt.vu

PS:Pode ser que ande por aqui algum coleccionador também e possamos trocar algumas impressões.

Saudações

jorge disse...

Pois, onde passado às vezes a TAP chegava tarde demais e ja nao dava para apanhar a lancha das 13.00 para o Pico e só íamos às 17:00. Agora nem sequer da para ir do Pico para Lisboa ao do Domingo. Vamos de mal a pior.

Anónimo disse...

EU AINDA VOU VER AS GATEWAIS DO PICO E SANTA MARIA ENCERRADAS.
PARA LÁ VAMOS E NÃO SOU VELHO DO RESTELO.

Zé Esteves disse...

Não sou tão radical como o Sr. anónimo mas que elas vão fechar elas vão.

Anónimo disse...

O que me leva a dizer isto é porque não vejo a fazerem nada para que tenhamos o combustivel,mais um voo,que as luzes fiquem defenitavamente certificadas(ainda não estão o que corremos o risco em dias de mau tempo não ser possivel realizar o voo) e se isto não acontecer antes da renovação da frota da Air Açores(inter-ilhas),penso que se irá complicar.

artur xavier disse...

Pois é! Abril não conseguiu acabar com o regime (Dos monopólios!...). Os nossos comentários, por vezes, assemelham-se aos dos treinadores de bancada! Dizemos muito e pouco acertamos.
Temos é de nos mentalizar que, enquanto não houver vontade política, de quem ocupa as cadeiras do poder e de quem para lá tenciona ir, para dar um novo rumo às coisas, nada feito!
Há tempos, disse que, pelo cansaço, nunca nos venceriam!
Infelizmente, hoje, já não estou assim tão seguro do que, então, afirmei!
A ver vamos, como dizem os cegos.

Paulo Pereira disse...

Ó Artur, esta de os picoenses estarem destinados a ir ao Faial apanhar a TAP para ter impostos mais baixos é mesmo digna do Gato Fedorento.
Os faialenses não podem, por sua vez, vir pelo Pico para manter os impostos baixos? Nem que seja nos anos bissextos, isso já seria um progresso. Só alguém mal intencionado é que não topa logo no factor político-económico.
Para alavancar a economia de S. Miguel o nosso Governo Regional (GR) subsidia as viagens dos suecos e outros nórdicos.
Para desenvolver a economia (será a do Pico?) o nosso GR desvia o tráfego aéreo para o Faial.
Mas deixa-me estar calado senão sobem-me o IRS ou o IVA. Olha que subam para os valores de Espanha, que eu agradeço.
Há cada economista por aí...