19 julho 2007

Férias e os Aviões



Não, não é no Pico, é em Lodz na Polónia, num aeroporto com pouco mais tráfego que o Pico, com uma placa de tamanho idêntico e uma aerogare ainda mais pequena, que há 3 anos começou a receber a Ryanair numa pista tão pequena como a do Pico, mas que entretanto cresceu para os 2500 metros de modo a responder ás verdadeiras necessidades dos 737-800 que são agora visitas diárias.
Não pude deixar de comparar os dois aeroportos e a obra neles feita a quando da minha visita, porque são de facto dois aeroportos que se relacionam na forma como há bem pouco tempo não recebiam mais do que ligações regionais e estão agora a começar a evoluir para novas rotas, embora de forma mais tímida no Pico, que não têm uma Ryanair a catapultar o número de voos.
Lodz é agora um aeroporto em expansão, com planos para se tornar numa altenativa a Varsóvia, estando para isso a dar ínicio à construção de um novo terminal, e deixará, então, de fazer sentido esta comparação, mas fica esta história de como uma companhia mudou um aeroporto, história que podia ser a do Pico também...
E lá se foi o Ryanair embora, e para ver coisas realmente diferentes, visitei o futuro museu de aviação de Lodz!


Mil Mi-6

Ilyushin Il-14


Tupolev Tu-134

Tupolev Tu-134 (cockpit)

E um monte de caças Russos para os quais o meu colega não encontrou os nomes todos!

11 julho 2007

Spotting no Pico VII

Terça feira é dia de TAP no Pico, mas desta vez até tenho a desculpa de ir busca um familiar para ir ao aeroporto tirar umas fotos.
O Primeiro foi o N340AT que já estava no Pico desde Domingo passado.



Depois chegou o CS-TNL de Lisboa



E o último a chegar foi o CS-TFJ, o "novo" da SATA Air Açores, que até devia ter sido o primeiro, mas atrasou um bom bocado. Esta foto não tem grande qualidade por causa das ondas de calor, mas mostra os efeitos do vento sul, com o ATP a aterrar quase a passar a taxiway A, que fica sensivelmente a meio da pista.



E assim ficou a placa composta!



Deixo ainda uma foto melhorzinha do TFJ no Pico e a descolagem em cerca de 1000 metros do A320 da TAP, que se vê na foto a passar o taxiway B.