16 janeiro 2006

Voos charter para o Pico?

Neste preciso momento devia estar a estudar... E devia ser assim todos os dias até ao fim do semestre, mas não posso deixar de fazer um intervalo para comentar uma notícia que acabei de ler no Ilha Maior.
A notícia diz que uma empresa ligada ao turismo está a tentar organizar um voo charter diário para o Pico a partir do centro da Europa, de modo a dinamizar o turismo em todo o grupo central.
Dizem também que o projecto está ainda numa fase muito embrionária, mas que a intenção é que seja a Ryanair a fazer os voos.
A ideia é de louvar, pois penso que actualmente os pacotes de turismo no grupo central estão mal explorados, uma vez que não aproveitam a proximidade destas ilhas para oferecer maiores possibilidades de escolha ao turista, tanto em preços como em numero de ilhas visitadas, mas começar logo com 1 voo diário parece-me um bocado exagerado, não sei se teremos capacidade para absorver esses turistas todos, e é importante fomentar um turismo de qualidade nos Açores, não de massas.
Além disso ainda há que ultrapassar algumas questões técnicas ao nível do aeroporto para que esses voos possam acontecer, e há que contar com possíveis restrições no número de passageiros e carga com que os aviões poderão descolar, porque a pista é curta para voos com destino ao centro da Europa, (tem de carregar mais peso de combustível do que para Lisboa), o que pode não ajudar a uma resposta positiva por parte das companhias contactadas para os charters.
Eu não queria falar outra vez no combustível, mas não fica mal lembrar que sem ele as probabilidades destes voos virem a acontecer, (que na minha opinião já são baixas, pelo menos este ano), simplesmente não existem.
Assim, e como ainda está tudo em aberto, nem se sabe ao certo de que aeroporto no centro da Europa seriam os voos, penso que este ano não vamos ver a Ryanair no Pico, mas era bom que não se abandone de vez a ideia, se calhar 1 voo diário é muito, mas voos charter da Europa para o triangulo são uma boa ideia que gostava de ver acontecer num futuro próximo.
Entretanto fico há espera de estar errado para ver a Ryanair no Pico!

1 comentário:

Anónimo disse...

A chegada de charters ao Pico é uma questão de tempo. ~
O Pico tem enorme potencial turistico para os apreciadores do turismo natureza: a escalada da montanha, wale watching, grutas de lava, a vinhas (...) . A oferta turística já apresenta alguma qualidade com destaque para a maravilhoso Aldeia da Fonte que terá em breve um campo de golf. Um conjunto de ofertas muito atraente com a possibilidade de uma saltada a São Jorge ou Faial. O Pico pode e deve ser o vértice do triangulo.