22 novembro 2005

Movimento aéreo cresce no Pico e cai no Faial

Este é outro título do tal Ilha Maior que só chega à Covilhã na segunda (o que até nem é mau), por isso ainda não estou a escrever muito atrasado.
Até Setembro o movimento de passageiros desembarcados no aeroporto do Pico foi de 19231 pessoas, mais 890 que em igual periodo do ano passdo, enquanto que na Horta o movimento foi de 75217 pessoas, menos 5350 que no ano passado.
O pequeno artigo dá a entender que este aumento no Pico e diminuição na Horta se devem simplesmente ao começo das ligações aéreas entre o Pico e Lisboa. No entanto os números de queda na Horta nem estão perto dos ganhos do Pico. Um processo causa-efeito do género do que se sugere só se notaria se hovessem mais voos para o Pico, porque a maioria dos passageiros com destino Pico continua a ter de voar pela Horta, deste modo uma quebra no trafego da ilha vizinha é sempre de lamentar, porque os seus efeitos serão sentidos em ambas as ilhas do canal.
Assim, apenas com as estatisticas deste ano, nada de importante se pode concluir, não são estes números que por exempo viabilizariam a passagem de um voo da Horta para o Pico. Deste modo ficamos à espera que as condições do concurso das ligações entre os Açores e o Contnente para 2006 beneficiem o Pico com pelo menos mais um voo, para que aí sim se possa começar a ver o efeito real que os voos para o Pico têm no número de passageiros para a Horta, e os voos possam passa a ser distribuídos entre as duas ilhas.

1 comentário:

Fonseca Meireles disse...

E ai está Pico a proguedir a toda a velocidade que pode!!!
Depois disto conquistaremos o mundo!!!