08 agosto 2005

A gruta das torres

Fui pela primeira vez à gruta das torres desde que tem a casa de apoio e visitas guiadas a funcionar, e devo dizer que gostei do que vi. Apesar de não fazer bem o meu estilo andar pela gruta em grupos guiados, por se perder o espírito de aventura, tenho que admitir que o que está feito é exactamente o que um turista procura, uma visita controlada pela gruta com explicações do que está a ver.
Por enquanto a visita está limitada a apenas 450 metros de gruta, mas para o ano já toda a sua extensão deverá ser visitável, e se acha que a visita aos 450 metros não valem os 3 euros, pode então esperar um ano, e concerteza não ficará decepcionado.
A visita começa com o visionamento de um pequeno filme sobre as cavidades vulcânicas Açorianas, após o qual é fornecido aos visitantes um capacete equipado com uma lanterna de 3 led's, que é o suficiente para ver onde põe os pés e não partir a cabeça, e somos então guiados pela gruta.
A visita é acessível a quase todos, uma vez que o troço visitado tem poucas inclinações, e apenas se tem de andar baixo uns 20 metros. Se não conheçe a gruta vale a pena visitar, e se gostar pode sempre voltar para o ano para explorar toda a sua extensão.

1 comentário:

amg disse...

devo ir aí este mês, pois os familiares da minha mulher são da Candelária e gostava de mostrar aos meus filhotes essa gruta em visita guiada.

tks